Rottweiler salva vida de menino que teve uma convulsão durante a madrugada

Cachorro fez barulho na janela do quarto de seus tutores até que eles acordassem e socorressem o filho, que estava tendo uma convulsão no quarto ao lado

Apesar de ser tachado como uma raça violenta e perigosa, um Rottweiler foi o responsável por ajudar um menino com autismo e depois a salvar a sua vida.
Enzo é um menino de seis anos que tem autismo. Ele e sua família vivem em Ibaté, São Paulo. Quando a criança fez dois anos de idade, os pais levaram para casa um cão da raça Rottweiler. Quiron era um ano mais novo que Enzo e, apesar do receio por conta do que as pessoas falavam em relação à raça do cachorro, ele e a criança se deram muito bem rapidamente.

Enzo e Quiron são amigos há quatro anos. (Foto: Reprodução / G1 / Rhozana Diniz Menzani)

O cachorro chegou na casa da família pouco tempo depois que Enzo tinha sido diagnosticado com autismo. De acordo com os pais do menino, o cachorro o ajudou bastante, principalmente na socialização da criança. “Foi a melhor coisa que a gente fez, porque eles se tornaram melhores amigos e se deram superbem e ajudou muito na socialização do Enzo, desde pequeno”, contou Rhozana Diniz Menzani, mãe do Enzo, para a EPTV.

Um tempo depois, o menino foi diagnosticado também com adrenoleucodistrofia, uma doença rara e degenerativa que evolui naturalmente. “A síndrome destrói a capa da mielina, que faz a ligação entre os neurônios. Então, aos poucos a doença compromete os sentidos e movimentos dele. Agora ele já está sem visão e também já não caminha mais”, explicou o pai de Enzo, Nino Menzani.

Há pouco tempo, o cachorrão Quiron, hoje com cinco anos de idade, provou para a família que chegou para proteger não só a casa, mas também o seu melhor amigo Enzo.

 

O cão ajudou bastante na socialização do menino, que tem autismo. (Foto: Reprodução / G1 / Felipe Lazzarotto/ EPTV)

No meio de uma madrugada, o cão começou a fazer muito barulho na janela do quarto dos pais do menino. Rhozana se assustou e se levantou para ver o que tinha acontecido com o animal. Nesse momento ela passou pelo quarto do filho, onde escutou um barulho também estanho.

Ao entrar, ela viu que seu filho estava tento uma convulsão, coisa que nunca tinha acontecido com ele. Quando Quiron começou agir de forma desesperada, pensei: ‘será que ele está passando mal?’ Porque ele teve dor de ouvido recente, porém já estava bem. Na dúvida, saí correndo do quarto para ver o que estava acontecendo e foi quando vi meu filho tendo uma convulsão. Ele e meu filho estavam fazendo o mesmo barulho, como se estivessem urrando”, explicou a mulher.

Rhozana, que é técnica de enfermagem, imediatamente pegou o seu filho no colo. Ao perceber que ele tinha parado de respirar, a mulher o colocou de volta na cama, fez massagem e respiração boca a boca. O menino voltou a respirar e foi levado para um hospital.

O cão também salvou a vida de Enzo ao perceber que ele não estava bem e acordar seus pais. (Foto: Reprodução / G1 / Felipe Lazzarotto/ EPTV)

O menino fez exames e hoje se recupera bem em casa. Para os pais, Enzo só está vivo graças ao cachorro. Foi graças ao Quiron que eu consegui socorrer meu filho, até porque eu não esperava que isso fosse acontecer. Se não fosse ele, meu filho não estaria mais aqui. Quiron é um anjo da guarda”, disse a mamãe Rhozana.

 

Fonte: G1

Informações Rapidas

[/read]

Comentários

comentários

Pin It on Pinterest